…novidades, fofocas, fotos e bastidores de Franca e região e de todo Brasil

Colunista Anderson Pinheiro prestigiou a festa que celebrou os 90 anos do Copacabana Palace Hotel, no Rio de Janeiro


Este slideshow necessita de JavaScript.

O lendário e suntuoso Copacabana Palace Hotel, no Rio de Janeiro, comemorou na noite de ontem, quarta-feira, dia 4 de setembro, seus 90 anos de história. Na poderosa lista de centenas de convidados, este colunista, também por lá esteve. O tema foi Cabaré (dos anos 20/30) e os salões, inclusive o Golden Room, recebeu uma decoração alusiva, luxuosa e impecável. Aliás, Andréa Natal, diretora-geral do Copa, recepcionou os convidados e esteve muito bonita e elegante.

Vale destacar que eu adorei a exposição logo na entrada dos salões, com peças, mobília, fotos e histórias do hotel. Inclusive, do livro de ouro. Maravilhoso!

O evento reuniu a alta sociedade carioca, importantes clientes, empresários, personalidades, celebridades e muita gente bacana. Pela primeira vez, o “Copa” deixou de lado o traje black-tie, apostou em uma festa, informal, e deu certo. Mesmo assim, todos os presentes estiveram elegantíssimos e perfumados.

Tudo de bom! O ponto alto foi as delícias preparadas por quatro chefs de cozinha internacional, divididos em duas grandes ilhas: Jorge Gonzales, do Ritz Madri; Raymond Blanc, do Hotel Le Manoir aux Quant´sSaisons (na Inglaterra); Ken Hom, chef sino-americano; e Francesco Carli, chef francês do Copa. Um dos pratos, que particularmente eu mais gostei, foi o de leitão à pururuca com purê de batata doce – quanto passava, eu aceitava. Divino!

Para bebericar, foi servido para os convidados, durante toda a festa: vinho, Veuve Cliquot, Bellini, Ciroc e Johnnie Walker Platinum – além de água e refrigerante.

O que me deixou emocionado, foi a apresentação das atrizes Totia Meirelles (que interpretou, cantou e dançou Liza Minelli em Cabaret) e Alessandra Maestrini (que cantou New Yorque, New Yorque), com o produtor Cláudio Botelho, e bailarinos, em uma espécie de musical que relembrou pontos altos de toda a história do Copacabana Palace, no palco do Golden Room. Foi o máximo!

E a festa rolou até quase ao amanhecer, ao som de deejay. Para mim, foi uma honra fazer parte desta noite memorável. Parabéns, COPA!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s